Corinthians luta pela vida na Copa do Brasil

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Após levar 2 a 0 do Atlético-GO em casa, o Corinthians luta para evitar mais uma eliminação na temporada, em Goiânia, no duelo de volta da Copa do Brasil.

Após derrota em casa, Corinthians luta por feito inédito para evitar queda para o Dragão

Nesta noite Sylvinho reencontrará algoz Atlético-GO pela terceira vez. Perdeu em sua estreia, pelo Brasileirão, e na ida do confronto pela Copa do Brasil, ambos os jogos em Itaquera (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

Às 21:30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (09) a Globo transmite, para a maior parte do país, na TV aberta, a partida entre Atlético Goianiense e Corinthians no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, válida pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. Na primeira partida, disputada na Arena Neo Química, o Atlético conseguiu vencer por 2 a 0 e, portanto, carrega uma importante vantagem para o confronto em seu território. O resultado aconteceu logo depois da vitória do Dragão, no mesmo estádio e contra o mesmo Corinthians, por 1 a 0, na estreia do Campeonato Brasileiro. E para deixar os torcedores ainda mais confiantes pela classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, o Atlético Goianiense venceu o São Paulo na última partida (na segunda rodada do Brasileirão), pelo placar de 2 a 0, e manteve o 100% de aproveitamento sob o comando de Eduardo Barroca. O Dragão vem atuando em um alto nível de competitividade desde o ano passado e certamente vai exigir que o Corinthians faça uma partida perfeita para que consiga surpreender e avançar na Copa do Brasil. Em sua última partida, o Timão conseguiu mostrar evolução, principalmente no setor defensivo, e alcançou sua primeira vitória sob o comando de Sylvinho. A ausência de um centroavante de ofício, porém, pode e deve ser revisado pelo treinador corintiano, pois nada menos do que uma vitória por dois gols de diferença (que levaria a decisão para os pênaltis) interessa para sua equipe avançar na competição. Nesta partida contra o Atlético Goianiense, o ideal seria que o Corinthians vencesse por três gols, para que, assim, avançasse no tempo normal às oitavas de final da Copa do Brasil. No entanto, a realidade é que o Corinthians luta para ao menos levar aos penais. Inclusive, o clube nunca conseguiu reverter uma derrota por dois gols ou mais quando fez a partida de volta da decisão fora de casa, apesar de já ter conseguido se classificar em situações semelhantes quando fez a ida fora e a volta em casa (como aconteceu em 2005, contra o Cianorte, e em 2008, quando passou pelo Goiás nas oitavas de final depois de ter perdido por 3 a 1 fora).

Corinthians luta ao menos para levar decisão aos pênaltis. Como chega para o duelo?

Depois de um 2020 preocupante, o Corinthians tentou apostar em um trabalho de médio a longo prazo com Vagner Mancini, que havia assumido a equipe durante a última temporada e ajudou na classificação para a Copa Sul-Americana. Por ironia do destino, porém, o clube de Itaquera caiu no mesmo grupo de um dos times mais tradicionais do continente: o Peñarol. A equipe uruguaia dominou o grupo E da Copa Sul-Americana e eliminou o Corinthians com duas rodadas para o fim da fase de grupos, após vitória por 4 a 0 sobre o time até então comandado por Vagner Mancini, o qual foi demitido três dias depois, quando perdeu para o Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista. O projeto de médio a longo prazo com Mancini acabou indo por água abaixo e o Corinthians tentou negócio com um dos técnicos mais cobiçados do Brasil: Renato Portaluppi. No entanto, as partes não chegaram a um acordo e o clube optou por fechar o mais rapidamente possível com o técnico que estava mais favorável para as expectativas da direção: Sylvinho. A contratação certamente foi facilitada pela relação do ex-jogador com o clube, pelo qual foi revelado e deu seus primeiros passos como jogador. Além disso, Sylvinho também possui uma identificação ainda mais profunda com o Corinthians, pois trabalhou como auxiliar de Tite em 2013 (ajudando na conquista do Campeonato Paulista) e trabalhou ao lado de Mano Menezes e Fabio Carille no ano seguinte. Todos esses fatores certamente serviram para aproximar Sylvinho do comando corintiano, mas esta é apenas sua segunda experiência como treinador. O ex-lateral foi aposta do Lyon no início da última temporada europeia, mas acabou demitido após 11 partidas: 4 derrotas, 4 empates e apenas 3 vitórias. No Corinthians, Sylvinho conseguiu observar duas partidas da equipe e fazer algumas análises antes de assumir em definitivo o comando técnico. Este início, porém, não foi animador. O Timão perdeu na estreia do Campeonato Brasileiro e voltou a ser derrotado na partida seguinte, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, pelo placar de 2 a 0 (destaque-se: ambas foram contra o Atlético Goianiense, jogando na Neo Química Arena). Na última partida, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians conquistou uma vitória fundamental sobre o América Mineiro, mas não conseguiu passar de um gol de pênalti (de Fabio Santos) e alguns sustos na reta final do jogo (incluindo gol anulado de Ribamar). Por esta razão, a expectativa é de que o Corinthians vai ter dificuldade para vencer o Atlético Goianiense fora, principalmente por um placar de dois ou mais gols de diferença.

Outros jogos com transmissão em TV aberta

Mais de 15 estados (incluindo São Paulo) vão acompanhar à transmissão da partida entre Atlético Goianiense e Corinthians na Rede Globo, em TV aberta, mas a emissora também vai transmitir outros dois jogos que acontecem às 21:30 (horário de Brasília) desta quarta-feira. Para o estado do Rio de Janeiro, é claro (além do Distrito Federal e outros estados do norte e nordeste), será transmitido o confronto entre RB Bragantino e Fluminense, no Estádio Nabi Abi Chedid, localizado no interior de São Paulo. A equipe de Bragança Paulista precisa reverter a derrota por 2 a 0 sofrida no Maracanã para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

Por fim, também pela partida de volta desta terceira fase, às 21:30 desta quarta-feira, o América Mineiro define com o Criciúma, fora de casa (depois de empate em 0 a 0 na ida), com transmissão do SporTV 1 para a TV fechada. No mesmo horário, o SporTV 2, também para a TV fechada, transmite a partida entre Internacional e Vitória, no Beira-Rio (o colorado leva a vantagem de ter vencido por 1 a 0 na ida, fora de casa).

Leia também:

Copa do Brasil define mais nove classificados às oitavas

Quem é o argentino Vojvoda, técnico-sensação do Fortaleza

Seleção não brilha, mas sobra nas Eliminatórias graças a Tite

Palmeiras é o 3º maior vencedor da Copa do Brasil. Veja a lista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *