Bayern de Munique pode quebrar recordes históricos

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Gigante alemão Bayern de Munique é o atual campeão europeu (Reprodução: Twitter/Bayern)

Vitória fora de casa sobre a Lazio marca maior sequência invicta na história da Liga dos Campeões e deixou o Gigante da Bavária ainda mais próximo de outros números únicos

Na última terça-feira (23), o Bayern de Munique foi até a Itália para enfrentar a Lazio pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões e não surpreendeu ninguém ao golear por 4 a 1 mesmo jogando fora de casa. A equipe italiana, que passou para o mata-mata atrás do Borussia Dortmund no grupo F, não segurou a pressão por muito tempo e, logo nos primeiros minutos de jogo, entregou um gol de bandeja para o atual melhor jogador do mundo, Robert Lewandowski. Musacchio recuou mal para o goleiro e entregou um presente para o artilheiro polonês, que agradeceu deixando o experiente Pepe Reina na saudade antes de empurrar para as redes. A Lazio até conseguiu equilibrar o jogo em alguns momentos, mas precisaria de uma partida perfeita para ter alguma chance diante do atual campeão da Liga dos Campeões, e isso não aconteceu. Jamal Musiala, o meia inglês de apenas 17 anos que se naturalizou e já decidiu defender a Seleção Alemã, se tornou o jogador mais jovem a marcar pelo Bayern de Munique em uma Liga dos Campeões: recebeu de Goretzka com liberdade na entrada da área e bateu cruzado para aumentar o marcador. Ainda no primeiro tempo, Leroy Sané fez o terceiro dos alemães após mais uma lambança da defesa italiana. No segundo tempo, o Bayern de Munique fez o quarto após contra-ataque puxado por Sané, que terminou em gol contra de Francesco Acerbi. A Lazio descontou logo depois, em uma bela jogada que começou com Luis Alberto e terminou com Joaquín Correa tirando de dois adversários antes de deslocar Manuel Neuer para fazer o gol de honra da equipe italiana. Com o 4 a 1, o Bayern já pode ser considerado o primeiro time classificado para as quartas de final, tendo em vista que a Lazio precisaria fazer algo que nunca aconteceu com a equipe alemã na Liga dos Campeões: ser eliminada depois de vitória por três gols na partida de ida. Além disso, a Lazio precisaria acabar com a invencibilidade do Bayern de Munique, que chegou a 18 jogos na última vitória sobre a equipe italiana. A série de partidas sem derrotas pode igualar a maior do Bayern na Liga dos Campeões se a Lazio não vencer a partida da volta destas oitavas de final. Caso consiga ficar mais uma partida sem perder, a equipe comandada por Hans-Dieter Flick vai poder mirar um outro recorde, pois apenas do Manchester United de Sir Alex Ferguson ficou mais tempo sem perder na Liga dos Campeões: foram 25 partidas consecutivas sem derrota, entre os anos de 2007 e 2010. No entanto, o Gigante da Bavária quebrou um dos recordes daquele mesmo Manchester United: a sequência de jogos invictos fora de casa. Os Red Devils ostentavam a maior série de jogos sem perder fora de casa, mas foram superados pelos bávaros, que alcançaram a marca de 17 partidas sem derrota na principal competição europeia. E não para por aí. Individualmente, o camisa 9 do Bayern de Munique, Robert Lewandowski, também entrou para a história com o gol marcado na última partida. O atacante de 32 anos, que ainda deve aumentar a marca, alcançou os 72 gols em 95 partidas disputadas e se tornou o terceiro maior artilheiro da Liga dos Campeões, tendo deixado para trás os 71 tentos de Raúl. Agora, o polonês só fica atrás de Messi, que computa 119 gols em 148 jogos, e Cristiano Ronaldo, que aparece no topo da lista com 134 tentos em 175 partidas disputadas.

Próximos passos do Bayern de Munique na busca por mais uma temporada recheada de títulos

Na temporada passada (2019/20), o Gigante da Bavária venceu todas as seis competições oficiais que disputou (Campeonato Alemão, Copa da Alemanha, Supercopa da Alemanha, Liga dos Campeões, Supercopa da Europa e Mundial de Clubes) e se tornou apenas o segundo na história a alcançar tal feito. O Barcelona era o único que já havia conseguido vencer todas estas competições de uma vez só, na temporada 2008/09, sob o comando de Pep Guardiola. Na atual temporada, porém, o Bayern de Munique não tem mais chances de repetir o feito, pois já foi eliminado da Copa da Alemanha. Por outro lado, a equipe comandada por Hans-Dieter Flick se mantém firme na busca por um importantíssimo bicampeonato na Liga dos Campeões e ainda pode fazer história na temporada. Para isso, o Bayern precisaria conquistar o título nacional (Bundesliga), pois igualaria a maior sequência de conquistas das principais ligas europeias, que foi alcançada pela Juventus na temporada passada. É claro que, além disso, seria necessário que a Velha Senhora não pode voltar a vencer o Campeonato Italiano (Série A), o que tem boas chances de acontecer, visto que a Juve ocupa apenas a 3ª posição da tabela neste momento. Já o Bayern de Munique segue firme no topo da tabela de classificação da Bundesliga (Campeonato Alemão), ainda que, depois de uma derrota para o Eintracht Frankfurt na última rodada, a distância em relação ao segundo colocado (RB Leipzig) tenha diminuído para apenas dois pontos. Na próxima rodada, a equipe bávara não deve ter problemas para manter a distância enfrentando o Colônia em casa, mas, na partida seguinte, faz duelo importante contra o Borussia Dortmund, que ocupa a 6ª posição da tabela e precisa dos pontos para voltar à zona de classificação para a Liga dos Campeões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *