Botafogo vence o Vasco na ida pela Copa do Brasil

Fernando Verchai
Fernando Verchai

Clássico carioca foi válido pela partida de ida da 4ª fase da competição.

Com gol de Matheus Babi, Botafogo vence Vasco por 1 a 0 no Engenhão e joga por empate na volta, em São Januário, para avançar na Copa do Brasil (Reprodução: Instagram/Botafogo)

Nesta quinta-feira (17), o Botafogo recebeu o Vasco no Estádio Nilton Santos pela primeira partida da 4ª e última fase da Copa do Brasil, e conseguiu dar um paço pequeno, mas importante rumo às oitavas de final. A equipe comandada por Paulo Autuori iniciou a partida mais ligada e foi a primeira a levar perigo ao adversário, mas o Vasco não demorou para equilibrar as coisas. Através do argentino e camisa 10 Martín Benítez, a equipe de Ramon Menezes criou suas primeiras oportunidades e só não abriu o placar porque Gatito Fernández fez grande defesa quando Cano recebeu de Benítez sozinho na área e bateu forte. O atacante argentino poderia até ter dominado antes de finalizar, mas, mesmo assim, conseguiu uma boa finalização de primeira e obrigou Gatito Fernández a trabalhar. E foi só isso no primeiro tempo, mas o Botafogo voltou do intervalo determinado a sair de casa com a vitória. O problema foi passar por Fernando Miguel. O goleiro vascaíno segurou com tranquilidade chute de longe de Victor Luís, e, alguns minutos depois, se esticou todo para espalmar e mandar pela linha de fundo chute cruzado de Bruno Nazário de dentro da área. O cruz-maltino conseguiu responder depois do susto com um belo chute de Marcos Júnior de muito longe, que deixou Gatito Fernández vendido no lance, mas a bola parou na trave. O lance fez o Vasco crescer na partida, mas isso acabou custando caro, pois o Botafogo conseguiu o gol da vitória em jogada de contra-ataque: Honda acionou Bruno Nazário na linha de fundo, que cruzou na área para Matheus Babi, soberano com seu 1 metro e 91 centímetros de altura, testar pro fundo da rede. Fernando Miguel até chegou a encostar na bola, mas não teve mão suficiente para evitar o gol. Teve gol, e teve dancinha do jovem jogador do Macaé (atualmente emprestado ao Botafogo), Matheus Babi, de 23 anos, ao lado de ninguém menos que o marfinense Salomon Kalou. Nos acréscimos da etapa final, quando o Vasco se lançou inteiro ao ataque para o abafa final, Matheus Babi ficou com a sobra e arrancou desde o campo de defesa até chegar à entrada da área adversária. Eram 3 jogadores do Botafogo contra apenas 1 do Vasco, que teve de sair para bloquear Babi e acabou deixando Kalou receber livre de marcação, mas o marfinense deixou a bola escapar na hora de fazer o domínio, perdeu ângulo para o chute e acabou facilitando para a defesa de Fernando Miguel. Placar final: Botafogo 1 x 0 Vasco da Gama. Nas palavras do técnico cruz-maltino: “a gente criou algumas oportunidades, mas é jogo de Copa do Brasil. É claro que saímos chateados, mas temos mais 90 minutos para reverter o quadro” disse Ramon Menezes. Algo semelhante às palavras de Paulo Autuori ao fim da partida: “hoje demos um passo à frente, mas é um jogo de 180 minutos”. A partida de volta, entre Botafogo e Vasco, está marcada para a próxima quarta-feira (23), às 21h30, em São Januário. Antes disso, as equipes vão jogar pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro: o Vasco enfrenta o Coritiba, em Curitiba, enquanto o Botafogo, mais uma vez no Nilton Santos, joga contra o Santos.

Juventude também larga na frente do CRB

Ainda na quinta-feira, também fazendo a partida de ida da 4ª fase da Copa do Brasil, o Juventude recebeu o CRB em Caxias do Sul (RS) e levou a melhor jogando em casa. A partida foi bastante equilibrada e a equipe visitante até teve a chance de abrir o placar em cobrança de escanteio, mas Marcelo Carné, com uma bela defesa, conseguiu evitar o gol. Ainda no primeiro tempo, porém, também em cobrança de escanteio, o Juventude conseguiu ser efetivo e saiu na frente: Igor aproveitou sobra na entrada da área, soltou a perna direita na bola e contou com um desvio para abrir o placar. Foi o segundo gol do lateral-direito de 22 anos nesta temporada (em 14 jogos) e, consequentemente, seu melhor número da carreira por uma equipe. No ano passado, estreando pelos profissionais, jogou 8 partidas pelo Águia e outras 9 pelo Lajeadense, tendo marcado 1 gol por cada equipe. Igor também já passou pelas categorias de base do Corinthians, e do Náutico. “Feliz demais! Acho que não tem palavra melhor para expressar esse momento e em um jogo tão importante” foram as palavras do lateral após a partida, que terminou em 2 a 0 para o Juventude. Apesar de o CRB ter conseguido levar muitos perigos ao adversário mesmo fora de casa, faltou efetividade para os alagoanos, que viram os catarinenses fazer, no 2º tempo, o 2 a 0 com Wagner. Com isso, o Juventude vai para a partida de volta, em Maceió (Alagoas), podendo até perder por 1 gol de diferença para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

Outros jogos da 4ª fase da Copa do Brasil

Além de Botafogo x Vasco e Juventude x CRB, que duelaram nessa quinta-feira e lutam por duas vagas nas oitavas de final da Copa do Brasil, outras 3 vagas também estão em disputa. As partidas da 4ª fase da Copa do Brasil tiveram início na quarta-feira (16), primeiro com o duelo entre Ponte Preta e América Mineiro, em Campinas, o qual terminou empatado em 2 a 2. Com isso, o América Mineiro define a classificação em casa, podendo empatar por até 1 a 1 para avançar na competição.

O Ceará venceu o Brusque por 2 a 0 jogando fora de casa e, assim, praticamente já tem vaga garantida na próxima fase da Copa do Brasil.

Por fim, o Fluminense venceu o Atlético Goianiense por 1 a 0 no Maracanã, em jogo bastante tenso, e a decisão vai ser em Goiânia, na próxima quinta-feira (24). O Fluminense precisa de apenas um empate para avançar, mas o Atlético Goianiense certamente vai em busca de um resultado que possa lhe garantir na próxima fase, pois joga em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *