Início » Esportes » Futebol Nacional » Cavani é especulado no Brasil, mas clubes negam

Cavani é especulado no Brasil, mas clubes negam

Rogerio Jovaneli

Período sem futebol é sempre propício para especulações das mais diversas no chamado mercado da bola. Eis que agora, no meio da crise do novo coronavírus (COVID-19), sem bola rolando, surgiu na imprensa brasileira o nome de Edinson Cavani, atacante uruguaio que deve deixar o Paris Saint-Germain, uma vez que não acertou renovação de contrato.

Tudo por conta de declarações do empresário e meio-irmão do atleta, Walter Fernando Guglielmone, repercutidas por veículos italianos como o jornal Tuttosport e o portal CalcioNapoli1926.it e, depois, aqui no Brasil.

Edinson Cavani em time brasileiro, será? (Reprodução: Instagram)

Ao desconversar sobre o possível retorno do jogador ao Napoli, Guglielmone negou qualquer contato com o clube do sul da Itália.

“Até o momento, não há nenhum contato com os Azzurri (Napoli)”, afirmou.

Contudo, ele garantiu haver sondagens de grandes clubes sul-americanos pelo atacante da seleção uruguaia.

“Recebemos sondagens da América do Sul, de Flamengo, Palmeiras, Internacional de Porto Alegre e Boca Juniors”, disse.

“Tudo pode acontecer, pois existem muitos clubes interessados em Edinson”, enfatizou o empresário.

O que dizem os clubes

Pois bem, o site esportivo da Globo procurou os três clubes brasileiros citados por Guglielmone. Palmeiras e Internacional negaram que tenham sondado o nome do jogador de 33 anos, cujo salário giraria em torno de 10 milhões de euros anuais (por volta de R$ 47 milhões por temporada).

No caso do Verdão, segundo apuração do GE, procurada, a diretoria de futebol atual do alviverde negou ter sondado o representante do jogador.

O que houve foi uma visita de Guglielmone ao centro de treinamento do time paulista no ano passado, tendo sido recebido pelo presidente Maurício Galiotte. Porém, o Palmeiras não abriu negociação alguma.

Procurado pelo site esportivo da Globo, o Internacional se pronunciou oficialmente por meio do vice-presidente de futebol Alessandro Barcellos.

Via WhatsApp, ele negou categoricamente: “Não procede. Estamos focados em respirar agora”.

Sobre o Colorado, no entanto, o Globoesporte garante ter havido três conversas em novembro do ano passado, janeiro e fevereiro de 2020.

Contudo, isso jamais evoluiu para nada próximo de acerto de valores, proposta concreta pelo atleta do PSG, que atualmente está em isolamento social na sua fazenda em Salto, no interior do Uruguai.

Por fim, o Flamengo. Reportagem do Globoesporte confirma que a diretoria rubro-negra fez, sim, uma consulta pelo atacante, mas isso ocorreu durante o período em que não havia a certeza da permanência de Gabigol.

“A consulta do Flamengo por Cavani é antiga, quando o clube ainda não sabia se Gabigol permaneceria. Atualmente, não há negociação”, tuitou Fred Huber, setorista do time carioca no site da Globo.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa seção de Análises e Palpites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *