Início » Esportes » Futebol Nacional » Casagrande detona Lugano por criticar Democracia Corinthiana

Casagrande detona Lugano por criticar Democracia Corinthiana

Rogerio Jovaneli

Incomodado com comentário do ex-jogador Diego Lugano ao site argentino Infobae, no qual critica a Democracia Corinthiana, o comentarista da Globo Walter Casagrande rebateu o atual superintendente de relações institucionais do São Paulo.

Casagrande, um dos líderes da Democracia Corinthiana, disse que pessoa despreparada e sem propriedade alguma não deveria ser ouvida sobre o movimento (Reprodução: Instagram)

“É verdade, muito linda a democracia para decidir tudo, mas se de repente seis queriam treinar, e dez não, não te deixavam? É muito romântica a história, Sócrates (um dos líderes da Democracia Corintiana, como Casão) é um fenômeno em um contexto social e político muito especial, mas, bem, temos que dar a dimensão necessária”, declarou Lugano, falando em “outro lado da moeda”.

O atual dirigente são-paulino mencionou declaração do ex-goleiro Emerson Leão, crítico do movimento, de que era impedido de treinar naquele grupo do Corinthians.

Casagrande não engoliu a história e detonou o cartola tricolor. “É muito estranho ouvir uma pessoa falar sobre a Democracia Corinthiana sem ter propriedade alguma e sem conhecimento algum sobre o movimento. Esse é um dos problemas das pessoas oportunistas, antes de falar de alguém ou de alguma coisa, deveriam se informar melhor. As pessoas devem ouvir só quem tem conhecimento sobre os assuntos, e não uma pessoa completamente despreparada e sem propriedade alguma para falar sobre a Democracia Corinthiana”, declarou, segundo publicação do site Globoesporte.

Comentarista elogia Leão na conquista do bi do Paulista

Casão lembrou que Leão era, sim, crítico do movimento corintiano, mas disse que a discordância dele sempre foi aceita e que possui bom relacionamento com o ex-companheiro, além de elogiá-lo pelo profissionalismo em sua passagem pelo Timão.

“No caso do Leão, com quem tenho ótimo relacionamento, posso dizer que ele não acha que o movimento era democrático e se manifestava e manifesta até hoje nesse sentido. E sempre aceitamos as opiniões dele. Para mim, o Leão é o melhor goleiro brasileiro que vi jogar e a minha admiração por ele vem muito de vê-lo treinar muito para jogar. O Leão chegava antes de todos e saía depois de todos, foi primordial ao bicampeonato.”

Juntos no Timão, o então centroavante Casagrande e o goleiro Leão foram campeões do Campeonato Paulista de 1983. Na oportunidade, estadual tinha bastante valor e o Corinthians alcançava o bicampeonato (1982-1983), em ambas as situações em cima do São Paulo.

Um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro, Emerson Leão foi três vezes campeão brasileiro por outro rival corintiano, o Palmeiras, em 1969, 1972 e 1973, além de vencer o Paulista igualmente três vezes: 1972, 1974 e 1976.

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa seção de Análises e Palpites.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.