Início » Esportes » Lutas e MMA » Brasil volta a ter um campeão no UFC entre os homens

Brasil volta a ter um campeão no UFC entre os homens

Rogerio Jovaneli

Em mais um evento do UFC na chamada “Ilha da Luta”, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, dessa vez deu Brasil que, após longos 3 anos – desde junho de 2017, quando José Aldo perdeu o título dos penas para Max Holloway (EUA) -, volta a ter um campeão entre os homens. Obra de Deiveson Figueiredo, que derrotou Joseph Benavidez e faturou o tão desejado cinturão do peso-mosca (até 57kg).

E foi um massacre do “Deus da Guerra”, que aplicou três knockdowns e encaixou quatro vezes um mata-leão para finalizar com a posição aos 4m48s do primeiro assalto, segundo relato do site Combate.

O brasileiro já deveria ter sido campeão no fim de fevereiro, quando nocauteou o mesmo Benavidez na disputa do cinturão então vago, só que Deiverson Figueiredo vacilou na hora de bater o peso para aquela luta e por isso perdeu a chance de conquistar o cinturão na época, mesmo com a vitória, lembra o site da ESPN Brasil.

Com essa vitória, agora o Brasil tem campeão no UFC tanto no masculino quanto no feminino, já que entre as mulheres Amanda Nunes representa muito bem o País, ostentando não um, mas logo dois cinturões do UFC: o dos galos e dos penas.

Todos os resultados do evento do sábado:

Card principal:

Deiveson Figueiredo (Brasil) finalizou Joseph Benavidez (EUA) com um mata-leão aos 4:48 do 1º round (R1) – valendo cinturão dos moscas
Jack Hermansson (Suécia) finalizou Kelvin Gastelum (EUA) com uma chave de tornozelo a 1:18 do R1 – pesos médios
Rafael Fiziev (Quirguistão) venceu Marc Diakiese (Inglaterra) na decisão unânime dos jurados (30-27, 29-28, 29-28) – peso leve
Ariane Lipski (Brasil) finalizou Luana Dread (Brasil) com uma chave de joelho a 1:28 do R1 – peso mosca feminino
Askar Askarov (Rússia) venceu Alexandre Pantoja (Brasil) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – peso mosca

Card preliminar:

Roman Dolidze (Geórgia) nocauteou Khadis Ibragimov (Rússia) aos 4:15 do R1 – peso meio-pesado
Grant Dawson (EUA) venceu Nad Narimani (Inglaterra) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-27, 29-27) – peso casado
Joel Alvarez (Espanha) finalizou Joe Duffy (Irlanda) com uma guilhotina aos 2:25 do R1 – peso leve
Brett Johns (País de Gales) venceu Montel Jackson (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-28) – peso galo
Amir Albazi (Iraque) finalizou Malcolm Gordon (Canadá) com um triângulo aos 4:42 do R1 – peso galo
Arman Tsarukyan (Armênia) venceu Davi Ramos (Brasil) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) – peso leve
Sergey Spivak (Moldávia) venceu Carlos Boi (Brasil) na decisão majoritária dos jurados (28-28, 29-27 e 29-27) – peso pesado

Acesse apostas esportivas no site do Betmotion.

Além disso, confira, também, a nossa página betmotionbr no Instagram, com bônus, dicas e promoções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.