Início » Esportes » Futebol Nacional » Atual campeão, Flamengo estreia na Libertadores como principal favorito

Atual campeão, Flamengo estreia na Libertadores como principal favorito

Fernando Verchai

O primeiro desafio rubro-negro

Nesta quarta-feira (04/03), às 21h30, o Flamengo entra em campo para o seu primeiro jogo na Copa Libertadores da América de 2020. A partida de estreia acontece na Colômbia, diante do Junior Barranquilla, atual campeão da Liga Colombiana “Apertura” e vice na “Clausura” ou “Finalización”. O time é comandado por Julio Comesaña, técnico colombiano experiente, que está à frente da equipe desde 2017. Neste ano, o Junior Barranquilla disputou seis jogos, todos pelo Campeonato Colombiano, dos quais venceu três, empatou dois e perdeu apenas um (sendo sétimo colocado). Além do experiente atacante Teofilo Gutiérrez, o forte ataque do Junior Barranquilla também conta com o recém chegado Miguel Borja, que é o artilheiro da equipe em 2020, com três gols marcados. Mas o time colombiano apresenta certa instabilidade na defesa, tendo sofrido cinco gols em seis partidas, contra sete que foram marcados. Mesmo jogando ao lado de sua torcida, segurar o Flamengo será tarefa árdua para o Junior Barranquilla.

Problemas para Jorge Jesus?

Bom, não se pode dizer que o Junior Barranquilla é um adversário que tem grandes chances de surpreender o Flamengo, mas o time colombiano certamente aproveitará qualquer vacilo dos rubro-negros para conquistar os três pontos em casa. Para que isso não aconteça, o Flamengo terá, mais uma vez, que mostrar toda a força de Jorge Jesus e seus comandados. Para a estreia, porém, o técnico português não poderá contar com Rafinha (que se recupera de lesão na coxa esquerda) e William Arão (suspenso), que iniciaram a final da Recopa Sudamericana como titulares. Além deles, Bruno Henrique e Rodrigo Caio se recuperam de lesão e não entrarão em campo nesta quarta-feira, no primeiro jogo da fase de grupos da Libertadores. Mesmo assim, Jorge Jesus não tem muito com o que se preocupar. É claro que os quatro jogadores que estiveram em campo na final da Libertadores e do Mundial de Clubes no ano passado fazem falta, mas, para o recheado elenco do Flamengo, os desfalques são, na verdade, uma oportunidade de “testar o novo”. Na última janela de transferências, o Flamengo acertou a permanência de Gabriel Barbosa, que segue sendo o principal marcador da equipe. Além da contratação em definitivo do atacante, o rubro-negro também fechou a chegada de peças importantes e valiosas, como dos zagueiros Gustavo Henrique e Léo Pereira. Até aqui, com a venda de Pablo Marí ao Arsenal e a contusão de Rodrigo Caio, os dois recém-contratados (Gustavo e Léo) têm formado a dupla de zaga de Jorge Jesus.

Soluções para Jorge Jesus!

É evidente que o setor defensivo, ao menos até aqui, foi o que mais sofreu mudanças desde o ano passado, mas o Flamengo tem muitas opções para todas as posições. Para o lugar de William Arão, por exemplo, é bastante provável que Jorge Jesus opte por ir a campo com Thiago Maia, volante de 22 anos que chegou de empréstimo, do Lille, para essa temporada no Flamengo. No fim do último jogo, pelo Campeonato Carioca, Thiago Maia entrou no segundo tempo, assim como o colombiano Orlando Berrío. Antes atacante, Berrío foi testado por Jorge Jesus na lateral-direita e pode ser substituto surpresa para a vaga deixada por Rafinha. No mesmo jogo (contra o Cabofriense), Michael e Pedro Rocha tiveram suas chances no time titular. Michael conseguiu sair na frente nesta disputa, marcando o primeiro gol, dando assistência para o segundo e jogando os noventa minutos. Diego também voltou ao time titular na partida diante do Cabofriense, mas o camisa 10 não deve ser titular. Se tomarmos por base a equipe que foi a campo para disputar a final da Recopa Sudamericana, o Flamengo deve contar com Diego Alves (goleiro), Berrío/João Lucas (lateral-direito) – caso Rafinha não se recupere a tempo -, Filipe Luís (lateral-esquerdo), Gustavo Henrique (zagueiro central) e Léo Pereira (quarto zagueiro); Thiago Maia (volante), Éverton Ribeiro (meia), Gerson (meia), De Arrascaeta (meia); Pedro (atacante) e Gabriel Barbosa (atacante). É possível, no entanto, que Vitinho ou Michael fiquem com a vaga de Pedro no ataque, mas Jorge Jesus deve manter o ex-tricolor para a estreia.

Favoritismo?

Em praticamente todo o mundo, dentre os conhecedores de futebol, o Flamengo já é tratado como favorito ao bicampeonato da Libertadores, algo que só aconteceu uma vez nesta década, quando o Boca Junior foi campeão em 2000 e no ano seguinte, em 2001. Para a sua primeira partida na competição, mesmo com alguns desfalques e jogando fora de casa, o Flamengo é o favorito a sair com a vitória e os três pontos. Com retorno de 1,9 para cada 1 dólar apostado no “1XBet”, pode-se dizer que o Flamengo é uma jogada de segurança. Apostar no Junior Barranquilla poderia quadruplicar o investimento, mas é pouco provável que o time colombiano surpreenda e vença a partida.

Além de toda a expectativa para a estreia do Flamengo na Libertadores da América, muitos já pensam e se perguntam quem poderá vencer a competição. A final já está marcada para acontecer no dia 21 de novembro, e o Maracanã (que completa 70 anos em 2020) já está definido como palco da decisão que acontecerá, mais uma vez, em partida única. E como não poderia deixar de ser, sendo o único time a representar os cariocas nesta Libertadores, o Flamengo está totalmente interessado no título dentro do estádio que é sua casa. Esta será apenas a segunda vez que o Maracanã será palco da decisão da Libertadores, o que só aconteceu em 2008, quando o Fluminense perdeu a final para a LDU, nos pênaltis. Outras duas vezes o Maracanã recebeu a grande final, como em 1981 (quando o Flamengo se sagrou campeão pela primeira vez), mas pelo jogo de ida. Talvez tudo isso sirva de motivação ao forte elenco e ao bom técnico português, que, juntos, pretendem conquistar grandes objetivos. Com muitos títulos conquistados no ano passado, um elenco sólido e mais títulos já conquistados nas curtas competições de início de temporada, o Flamengo é o time mais cotado a erguer o troféu da Libertadores pela segunda vez consecutiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.