Indicação de melhor ator coadjuvante – Oscar 2015

ator-coadjuvante

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou os indicados à categoria de melhor ator coadjuvante e as demais categorias que concorreram ao Oscar 2015. Dentre todos os concorrentes sempre há aquele que chama mais atenção, porém, não é incomum a Academia surpreender ao conceder o prêmio a quem menos se esperava.

Os indicados à essa categoria estão basicamente representando filmes que também concorrem em outras categorias, com exceção do veterano Robert Duval, que concorre por The Judge, que não recebeu nenhuma indicação ao Oscar. O favorito ao vencedor é J K Simmons por Whiplash, mas Mark Ruffalo e Ethan Hawke estão na disputa e podem levar, já Edward Norton, que concorre por Birdman, apesar de ter feito uma atuação impecável, tem poucas chances, o que não significa que a Academia não possa surpreender, dando o prêmio à ele. Façam suas apostas, escolha o seu ator favorito e se ele vencer, você vence junto com ele.

Os indicados a melhor ator coadjuvante são:

– J K Simmons – Whiplash: Acostumado a fazer pequenas participações em filmes, dessa vez Simmons conseguiu um bom papel e chamou a atenção da Academia, sem contar que sua participação no filme, que é independente, ajudou muito a divulgar o filme e lhe dar a notoriedade necessária. Ele tem se saído muito bem nas premiações pré-Oscar e é o grande favorito à levar o prêmio para casa.

– Edward Norton – Birdman: Ator injustiçado pela academia, essa é a sua terceira indicação ao Oscar, mas como a grande estrela do filme é Michael Keaton e os esforços estão concentrado em alavancar o ator que vem de filmes sem destaques e que também é o favorito na categoria melhor ator, pouco será feito para ajudar Norton, que tem um histórico de não gostar de participar das campanhas do Oscar, mas tem comparecido bastante nos eventos e premiações do filme.

– Mark Ruffalo – Foxcatcher: Ruffllo já foi indicado anteriormente nessa mesma categoria, a grande vantagem dele em comparação aos concorrentes é que ele é o único a interpretar alguém que existiu e isso chama muito a atenção da Academia, sua atuação foi elogiadíssima assim como sua transformação física para viver o papel, saindo um pouco do estereótipo de galã de comédia romântica. Contudo, o filme não recebeu a divulgação necessária e acabou perdendo força na campanha, se quiser levar o prêmio, o filme precisa ser reanimado.

– Ethan Hawke – Boyhood: Outro injustiçado, já teve três indicações ao Oscar e não ganhou nenhuma vez, nessa categoria é sua segunda indicação, a primeira foi por Dia de Treinamento, 13 anos atrás, e logo depois ele começou a filmar Boyhood, o que ajudou muito com que a Academia desse atenção ao filme, e isso é muito positivo para ele.

– Robert Duval: The Judge: O veterano de todos os indicados da categoria, já tem um Oscar de melhor ator e cinco indicações anteriores, três delas como ator coadjuvante. Ator respeitadíssimo pela Academia, Duval é quase uma lenda viva, porém, justamente por ser veterano e já ter sido premiado, a Academia pode preferir contemplar um dos concorrentes que ainda não tiveram esse privilégio.

APOSTAR AGORA