Indicação a melhor diretor – Oscar 2015

directores

A categoria de melhor diretor é sempre muito disputada, e esse ano não deixa de ser diferente. O favorito a ganhar o prêmio é Alejandro Gonzales Inarritu por Birdman, que pode ser atrapalhado apenas pela premiação do ano anterior, onde outro mexicano ganhou e a Academia pode querer não repetir. Richard Linklater também tem boas chances pelo ótimo Boyhood, sem esquecer Wes Anderson que fez um trabalho notável em The Grand Budapest Hotel. A Academia terá uma decisão difícil para tomar categoria.
Façam suas apostas, escolha o seu ator favorito no site www.betmotion.com e se ele vencer, você vence junto com ele.
Os indicados a melhor diretor são:

– Richard Linklater – Boyhood: Tendo sido indicado na categoria de Melhor Roteiro Adaptado do ano passado, esta é a primeira vez que concorre como diretor com o filme Boyhood, projeto ambicioso que recebeu ótimas críticas e recebeu seis indicações ao Oscar. Ele tem se saído bem nas premiações pré-Oscar e até o momento é o favorito, justamente por Boyhood ser um projeto de longa duração, o que denota comprometimento da parte dele o qual a Academia pode lhe conceder a estatueta.

– Alejandro González Iñárritu – Birdman (A Inesperada Virtude da Ignorância): Após vencer o prêmio do sindicato de Diretores dos Estados Unidos (DGA na sigla em inglês) por seu filme “Birdman”, é a segunda vez que Alejandro recebe indicação como melhor diretor. Embora o filme esteja muito bem colocado e concorrendo em diversas categorias, além de ter recebido ótimas críticas, a Academia pode não optar por Alejandro, que é mexicano, por ter premiado seu conterrâneo Alfonso Cuarón no ano passado na mesma categoria e não querer se repetir.

Wes Anderson – The Grand Budapest Hotel: Com o merecido reconhecimento finalmente foi indicado ao Oscar como melhor diretor. Anteriormente teve três indicações mal sucedidas por ser considerado um diretor alternativo, mas como o delicioso The Grand Budapest Hotel, conseguiu sublimar essa alcunha de alternativo e passar a ser considerado original. Embora o filme seja muito diferente e de difícil aceitação para a maioria dos votantes, sua direção vem sido bem lembrada e muito bem avaliada. Tem boas chances.

Bennet Miller – Foxcatcher: Tinha tudo para ser o favorito, mas o filme foi mal divulgado e acabou perdendo força no decorrer das disputas e foi considerado fora do páreo. Mas a sua indicação, praticamente dez anos após o filme “Capote” ter sido indicado na mesma categoria, demonstra que a Academia leva em consideração seu trabalho como diretor. O seu ponto desfavorável é não ter aparecido nas premiações pré-Oscar e não ter holofotes para chamar atenção dos votantes.
Morten Tykdum: The imitation Game: Único dos indicados a nunca ter recebido uma indicação ao Oscar de melhor diretor, e isso não necessariamente é desfavorável, outros estreantes na categoria já levaram a estatueta para casa, como por exemplo Tom Hooper. Mas para conseguir vencer, Morten vai precisar chamar mais atenção da Academia para seu trabalho, pois essa é uma categoria disputadíssima. O longa foi indicado ao Oscar em oito categorias, incluindo a de melhor filme.

APOSTAR AGORA