Como funciona a mente de um jogador? – Parte Final

poker

A boa notícia é que todo esse intrincado processo, resumido na expressão “Funções Executivas”, pode ser treinado, aprendido, aperfeiçoado. Anatomicamente falando, as F.E. estão localizadas no lobo pré-frontal (praticamente a sua testa, onde você costuma dar um tapa quando fez alguma bobagem ou encosta a cabeça quando precisa pensar em algo). Deve-se salientar, entretanto, que o cérebro funciona como um todo integrado, e ao desenvolver determinada habilidade, consequentemente há um aprimoramento de diversas áreas e funções mentais/cerebrais. Ainda mais quando estamos tratando dos lobos pré-frontais (F.E.), área que possui ligações neuronais com todas as demais localizações cerebrais.

Ou seja, ao desenvolver uma área específica, todo o seu cérebro e sua capacidade mental crescem juntos. O cérebro funciona através de generalizações: o que você aprende em uma situação ele usará em outros contextos semelhantes. O contrário também é válido: se você não costuma usar uma habilidade em determinado ambiente, dificilmente conseguirá demonstrar tal habilidade em outra situação. E aqui vai para alguns a má notícia: não adianta querer aperfeiçoar as F.E. como jogador de poker se você não faz o mesmo na sua rotina. Não funciona.

Se você perde facilmente seu controle financeiro, não consegue focar no trabalho pois fica procrastinando no whatsapp ou facebook, não consegue cumprir em uma única semana uma simples to-do list, perde a paciência e estoura diante do primeiro problema ou de qualquer fechada no trânsito e delega aos outros a solução dos seus problemas, você pode ler todos os livros sobre leitura corporal e assistir 5 vezes todas as temporadas de Lie to Me que você não conseguirá atingir um nível profissional de Poker.

A recíproca, porém, é verdadeira e você pode treinar as F.E. das formas mais diferentes possíveis: seja organizando melhor a sua vida, criando planilhas, mantendo o controle emocional em situações tensas (pessoais ou profissionais), treinando com outros jogos que necessitem de estratégia, conseguindo estudar qualquer assunto por cerca de 25 minutos sem interrupção, manter uma conversa interessante no jantar sem olhar no celular e fazer disso tudo um hábito. Não apenas você se desenvolverá como um ser humano mais eficaz, atencioso e hábil, como perceberá como o jogo fluirá cada vez melhor e seu autodomínio crescerá.

Autoconhecimento e auto-aprimoramento: eis a grande chave da maestria em qualquer área. E embora o conhecimento possa ser adquirido em livros, filmes, palestras do YouTube ou artigos na Cardplayer, o auto-aprimoramento só é conquistado através da ação. Então avalie quais seus pontos fortes e quais necessitam aperfeiçoamento, busque um psicológo cognitivo ou esportivo, um coach ou um profissional de PNL (programação neurolinguística). Crie um hobbie, busque um caminho filosófico ou espiritual, organize programas diferentes com seus amigos: não importa como, mas faça algo que te coloque no caminho do autoconhecimento e auto-aprimoramento. Pois o último vértice da tríade da exímia no poker deverá ser na verdade o mais fundamental: conhecer-se oferecerá uma bússola que lhe dará o norte necessário em qualquer situação. O jogo vira uma extensão do que há de melhor em você, simples assim. Quer experimentar?

Referência:

CHAN, R. C. K., SHUM, D., TOULOPOULOU, T. & CHEN, E. Y. H. (2007, agosto) Assessment of executive functions: review of instruments and identification of critical issues. Archives of Clinical Neuropsychology, 1-16